quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Págª 107

O Inverno decorria tão frio como o anterior e a comida era ainda mais escassa. Mais uma vez, todas as rações foram reduzidas, excepto as dos cães e porcos. Uma igualdade demasiado rígida nas rações, explicou Squealer, seria contrária aos princípios do Animalismo. De qualquer modo, não teve dificuldade em provar aos outros animais que, na realidade, não havia falta de comida, apesar das aparências. Na verdade, agora fora considerado necessário fazer reajustamento nas rações (Squealer falava sempre em «reajustamento», nunca em «redução»).

O Triunfo dos Porcos

George Orwell

5 comentários:

Eduardo Aleixo disse...

Olá, Maria. Talvez pelo estado do meu espírito neste momento não fiquei, como é costume, embevecido com o teu post, mas deixo-te um beijinho e a minha sempre Amizade.

Luis Eme disse...

e vai ser sempre a 107?

beijinho M. Maria Maio

mfc disse...

... a subtileza das palavras!

Maria P. disse...

Eduardo,
nem sempre se pode agradar...

Luís,
e porque não?...

MFC,
creio que entendeste o meu post...

Beijinhos a todos***

João P. disse...

Maria:

para mim fez todo o sentido. A realidade supera a ficção e dá muito que pensar

João