segunda-feira, 19 de março de 2012

19 de Março

Há homens que lutam um dia, e são bons;
Há outros que lutam um ano, e são melhores;
Há aqueles que lutam muitos anos, e são muito bons;
Porém há os que lutam toda a vida
Estes são os imprescindíveis

Bertold Brecht

6 comentários:

Mar Arável disse...

Belíssimo

Rosa dos Ventos disse...

Um destes últimos foi o meu pai! :-))

Abraço

Luis Eme disse...

beijinhos Maria Maio

mfc disse...

Por estas e por outras Brecht foi ímpar!!

heretico disse...

que bom ler em véspera de Greve Geral...

beijo

cuotidiano disse...

Ligar ao comum

Somos todos pó
Mais um dia, não é?
O amor é o mais importante de tudo

(Mas até a sublime “catarse” tem mais que duplo sentido…)


catarse |z|
(grego kátharsis, -eós, purificação)
s. f.
1. [Filosofia] Palavra pela qual Aristóteles designa a "purificação" sentida pelos espectadores durante e após uma representação dramática.
2. Método psicanalítico que consiste em trazer à consciência recordações recalcadas.
3. Libertação de emoção ou sentimento que sofreu repressão.
4. Evacuação dos intestinos.