quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Palavras Roubadas...

O sentido do sentido das coisas
As coisas sem sentido
Sentir as coisas que não fazem sentido

Ir na corrente sem sentido
Faz sentido ir na corrente do sentido?
Como parar uma corrente sem sentido?

As coisas, o sentido, a corrente...
faz sentido?

O sentido das coisas
É não terem sentido nenhum?
Só faz sentido fazer as coisas se tiverem sentido?

A toda a pressa para lado nenhum?

João P.

Blogue: Como se de um diário se tratasse...

9 comentários:

Maria P. disse...

Hoje fizeram todo o sentido estas palavras do João P.

Roubei!:)

João P. disse...

Maria

!!!

Fiquei sem palavras. Escrevi isso num daqueles dias... Pensei que não faria sentido para ninguém...

Espero que em breve deixem de fazer sentido para ti.

Beijo

João P.

Rosa dos Ventos disse...

Poema com todo o sentido!

Abraço

Luis Eme disse...

sentir as coisas que não fazems sentido, faz todo o sentido...

beijinho M, Maria Maio

Mar Arável disse...

O sem sentido é um caminho

de sentidos

Eduardo Aleixo disse...

"O sentido das coisas
É não terem sentido nenhum?
Só faz sentido fazer as coisas se tiverem sentido?

A toda a pressa para lado nenhum? "

Escreveu um belo poema, João P.
Escreve, alias, muito bem.
Gostei de o ler.
É filho da Maria? Marido? Não sei.
Seja quem for, muitos parabéns.
E um abraço.

Maria P. disse...

João
nem tudo tem de ter sentido, talvez assim faça sentido...

Desculpa o roubo:)
Beijos*

Maria P. disse...

A Todos,
fazem sempre sentido (para mim) as vossas palavras...

Beijinhos*

:)

Maria disse...

Quantas vezes as palavras que parecem não fazer sentido fazem todo o sentido para nós...
... e o que é fazer sentido?

Beijinho, minha Maria!