terça-feira, 28 de agosto de 2007

Ao entardecer...

Que é das palavras? Como chamar
por quem as esconde se, sem elas,
nem o silêncio tem nome?

Maria do Rosário Pedreira
O Canto do Vento nos Ciprestes

18 comentários:

Maria disse...

Aqui está uma verdade....... mas eu digo-te, em segredo, que as palavras andam por aqui....

Beijinho

herético disse...

há palavras que se escutam no silêncio...

mfc disse...

A ausência...é sempre de palavras!

Fernando Pinto disse...

Ai as palavras, as palavras!

Kalinka disse...

Amiga Maria

Ora bem, vou iniciar uma série de posts sobre o ALFABETO da minha Vida. Cada dia vou postar uma letra do abecedário, e direi o que achar sobre ela, podem ser coisas boas ou menos boas, são as que foram ou são importantes durante a minha vivência.
Hoje, em homenagem ao meu neto ANDRÉ - dia do seu 1º aniversário: Parabéns a você, nesta data querida, muitas Felicidades, muitos anos de vida...
começo precisamente pela 1ª letra do Alfabeto - a letra A.

Beijitos azuis (em homenagem ao meu neto)

Rosa dos Ventos disse...

As palavras até se desenham na alma e às vezes a ferro e fogo, outras cheias de doçura...
Abraço

Rosa dos Ventos disse...

Kalinka
O meu filho que partiu sem ter tido tempo de me deixar netos chamava-se André...
Tudo de bom para o teu André nesta data querida!

Licínia Quitério disse...

A perdição dos poetas.

Beijinho.

isabel disse...

outro segredo: às vezes preciso de estar sem palavras. não há muita gente que compreenda. o silêncio.

beijos maria

poetaeusou . . . disse...

*
palavras,
... meras ...
,
ji
h
*

Luis Eme disse...

felizmente as palavras não se escondem por aqui...

o "café" e o dono agradecem a publicidade, e as palavras, claro...

Beijinho

Cláudio disse...

Por vezes, mais do que escondidas, na verdade, palavras que palpitam sob a superfície, que não se ousam dizer em voz alta... Os eternos receios de romper a segurança, o escudo do silêncio.

Mateso disse...

Palavras ...pedaços falados da alma.. apenas isso. O slêncio surge quando a alma descansa.
Bj.

Alexandra disse...

Maria,

Por vezes não existem palavras. Basta um olhar...

Beijinhos amiga*

Ramoa disse...

Palavras em mim, em ti, em todos...

AnaG. disse...

Se as não ouvimos, temos que as procurar...
Mas eu, como diz a Isabel, preciso do silêncio.

Beijitos

nana disse...

uau....

M. disse...

Lindíssimo, lindíssimo!