quinta-feira, 28 de maio de 2009

29 flores, um poema.


A pequena e frágil planta enfrentou o inverno com a determinação de uma árvore. Com a chegada do equinócio, o silêncio de meses explodiu em grito de cor e exuberância, como uma expectativa que de repente se cumpre.
A natureza a redimir-se.


Justine
Quarteto de Alexandria

10 comentários:

Maria disse...

Bem me parecia que conhecia o texto... :)))
És linda, minha Maria!

Beijinho

poetaeusou . . . disse...

*
amiga
bonita foto,
num grito da justine,
,
bj,h,
,
*

Rosa dos Ventos disse...

Assim se redimisse a Humanidade...

Abraço

ausenda disse...

A serenidade da Justine! Lindo!

Beijo às duas

Lídia Borges disse...

Na Natureza há tanto de surpreendente!
A fragilidade é, às vezes sinónimo de força e de determinação.

Parabéns pelo bonito texto.

Pitanga Doce disse...

Lembro-me deste post. É todo Justine!

beijos e há mini correio.

heretico disse...

gosto da ideia da remissão. da natureza...

e da flor bravia.

beijo(s)

Joao P. disse...

Nem mais!

E felizmente que é assim!

beijo

João

Maria P. disse...

Justine,
é sempre um encanto ler as tuas histórias, obrigada pela companhia que és.
Beijinho*


Obrigada a todos*

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,