quinta-feira, 18 de maio de 2006

... era uma vez

As duas pedrinhas do castelo

No lado direito da fachada principal do Castelo de Penedono, pode-se observar facilmente, duas pedrinhas brancas, relativamente próximas.
Estas pedras são as tampas de duas misteriosas caixinhas, aí deixadas por uma moura, muito rica, que ali viveu, e que assim escondeu a sua fortuna. Para que ninguém lha roubasse colocou: numa caixa todos os seus tesouros e na outra uma fatal mensagem, que causará a morte imediata e outros malefícios a quem ousar tocar-lhe!
Como ninguém sabe em qual das caixas se esconde o tesouro, ninguém até hoje, ousou remover as duas pedrinhas com receio de abrir primeiro a caixa da maldição.