segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Aforas




é do Outono
é do frio
é do vento
é do Inverno quase a chegar,
esta vontade de bater com a porta?!...
Estas dores.
É mesmo do tempo.

Diz a voz do povo...

15 comentários:

mfc disse...

Diz... mas não batas!

Maria disse...

Piores mesmo as dores do coração...

Beijinho, Maria
(e que porta bonita!)

Mar Arável disse...

Também pode ser do povo

poetaeusou . . . disse...

*
as pedras
da minha porta,
,
bj,h,
,
*

Luis Eme disse...

pois é, lembra-nos que já não vamos para novos, M. Maria Maio.

beijos

Oris disse...

É do tempo...

Ou será do Outono???

Boa semana.
Beijitos

Pedro Branco disse...

Hoje grito-me. Abafa-me no teu manto...

Maripa disse...

...é do inverno , que me entrou porta adentro, sem pedir licença...

Estas dres. Digo eu.

Beijinho, Maria.

Maripa disse...

Dores...é do frio,desculpa.

Ka disse...

Por vezes devemos mesmo bater com ela para abrir outra de seguida ...

Beijoca :)

Eduardo Aleixo disse...

Gosto da porta. E dos poiais. Tudo tem um ar catita, embora só. Mas de um só que não se importa. Ou será dos meus olhos? Claro que é.
Bj.
Eduardo

Rosa dos Ventos disse...

É de tudo isso e de mais alguma coisa que nem sabemos explicar, mas não batas com a porta!

Abraço

Lúcia disse...

Vêm vindo os dias escuros - batemos-lhe com a porta - mas entram, gaitas!
Beijinhos

as velas ardem ate ao fim disse...

É o mundo!

um bjo

Maria P. disse...

Esta porta é de uma capela, com um nome curioso: Capela de Nossa Senhora do Socorro...
Pois.

Beijinho a todos*