terça-feira, 17 de julho de 2007

Aforas

Um Dia (quase) Perfeito
Acordar com um sorriso, sacola ao ombro, a máquina fotográfica sempre. Tomar café bem forte, estrada fora junto ao mar, rádio ligado, parar junto à praia, caminhar descalça na areia molhada, depois... Uma esplanada com ou sem sol, um café, uma água com sabor a limão, um livro. Perfeito.
Depois a tarde, perdida num espaço de serra, mistério, luz, cor - a fotografar.
A noite, num bar, num cinema... perto de si.

5 comentários:

KA disse...

hmmm parece-me que já ouvi/li isto em algum lado...será?


Beijnho ;)

Mateso disse...

Hum...Será possível, tudo isso num dia? É quase idílico...
Bj.

Alexandra disse...

Faltou o quase...

Mesmo assim deixas-me de "água na boca" :)

Bj*

poetaeusou disse...

*
longe de ... mim ...
*
h
*

APC disse...

Perto mas não com. Daí a quase perfeição, que a não é inteira!?

Bjs*